Festa de Janeiro/2012 – Imagens da Procissão – 2/Fev

Tradicional Leilão dos Romeiros

De frente a igreja

Banda Asa Branca

Dentro da igreja

Praça Matriz

Rua Matriz

Saída da imagem de Nª Sª da Piedade da igreja

Vice-Governador Robson Farias e Vice-Prefeito Tonho Branco acompanhando juntos a procissão de Nª Sª da Piedade

Imagem de Nª Sª da Piedade em procissão

Vice-Governador Robson Faria e Prefeita Daise na missa de encerramento

FOTOS: Hudson Vasconcelos

Anúncios

02/02/2012 - Posted by | Festa de Janeiro

5 Comentários »

  1. Em Nome da Tradição.

    Mais uma vez a Festa da Padroeira de Espírito Santo ( dia da Procissão) , conseguiu atrair muita gente.

    Também ficou evidente, a redução do número de participantes moradores da cidade e seus parentes de cidades próximas.

    Quanto as noites de Festa, faltaram atrações de nível nacional.
    A final, a Festa já tem mais de 100 anos. E nunca nesses últimos 40 anos presenteou seus visitantes com Grandes Shows.

    O palco das apresentações,destas vez, estava a altura da Festa.
    Grandioso, muito bonito.
    Acertaram.

    Fica provado que a procissão do MEIO do ANO tem que ACABAR. Houve um esvaziamento por parte do povo de Espirito Santo que não quiseram prestigiar.
    Muito em função da existência da procissão de setembro.

    Não podemos aceitar esse argumento de que os espiritosantenses não acompanham a procissão no dia 02 de Fevereiro porque há excesso de pessoas nas ruas, porque não tem tempo etc. Isso não condiz.

    A Tradição é procissão ÚNICA apenas no dia 02 de Fevereiro!
    Foi assim que os primeiros organizadores propuseram: no prazo de um ano, somente no seu dia, a Padroeira visitará as ruas de sua cidade.

    Já imaginaram, se em Jerusalém, o dia da morte de Cristo fosse fracionado de acordo com etnias, disponibilidades de visitantes ou conterrâneos?

    Tradição é tradição. Deve ser Respeitada.

    A festa também é um momento de reencontro de conhecidos, familiares que moram distantes, de compadres e comadres, de vendas, de novidades das barracas etc
    A Festa de setembro inviabiliza esses momentos de confraternizações.

    Não podemos endossar a ideia de gente que não sabe reconhecer a importância da tradição

    O NOVO prefeito Antônio Figueiredo ou Chico devem eliminar do Calendário a Procissão do mês de Setembro. Sem polêmicas e sem levar esse assunto para palanques.

    Se eu fosse prefeito, argumentaria com os poucos que defendem essa ideia estapafúrdia do Ex Padre que passa pela cidade, migra para outro local poucos anos depois ( eles não tem compromisso com a tradição) e acabaria com a procissão do mês de Setembro.

    Ontem, por exemplo, bastou estender o percusso da Santa, que rapidamente, houve um vazio entre os que acompanham a procissão. Não teve aquele empurra – empurra marcante na maior parte do percurso.

    A procissão de Setembro acaba esvaziando a tradição de Fevereiro.
    Todos de minha família que residem em Natal e de outras famílias também, não fizeram o menor esforço para vir. Isso porque já acompanharam a procissão descaracterizada e minguada de setembro.

    O comércio não ganha NADA com a Festa de Nossa Senhora em outra data.

    É uma ideiazinha que surgiu de uma mente sem compromisso com a tradição.
    Repito,a tradição tem que se respeitada.

    Não podemos embasar ideias retrogradas e decrépitas ( uma ideia surgir e sem nenhum análise todas em coro, já concordam).

    Que as viúvas e seguidoras dos Padres pensem de outra forma.

    Padres Forasteiros – que como ciganos – chegam e passam, vão embora. e, pouco se importa com o que virá depois não precisam opinarem em Nossa Festa. Claro, que há ressalvas.

    A Santa permanece porque é eterna. Enquanto, os Padres vão embora.

    Portanto, solicito ao novo prefeito o fim da aquela Procissão do mês de Setembro.
    Onde já se viu uma Procissão exclusiva para povo de Espírito Santo. A Festa deve ser única; em iguais condições para todos e apenas em 02 de Fevereiro.

    OBS: O tema tratou exclusivamente das datas de realizações das 2 procissões.
    Como cidadão tenho o direito de opinar. Para opinar não existe a obrigatoriedade de se frequentar encontros na Igreja Católica. O objetivo foi apenas ver as fotos e resolvi opinar.
    Não sou a favor de grandes mudanças estruturais na Festa do mês de JANEIRO.

    Comentário por Júnior Soares | 03/02/2012 | Responder

  2. Junior,

    Esse é o terceiro ano que acompanho a festa de N. S. da Piedade. Se formos comparar 2011 com 2012, veremos que esse ano a Igreja conseguiu bater todas as metas para a realização da festa, alcançou o ápice na realização das festividades. Digo, pois estive presente quase todos os dias. Nunca houve tamanha organização nas celebrações, propagandas, homenagens e demais assuntos relacionado a parte religiosa. Com relação a procissão de setembro no meu entendimento nenhum prefeito poderá intervir no evento. Os moradores e visitantes devem lembrar que a festa é da Santa e não da banda. Ficou notório a dedicação de Padre Martins e sua equipe (de muitos moradores) para o sucesso da festa, todos deram suas ”vidas”, várias noite em claro, viagens a Natal, despesas…. Infelizmente o povo adora reclamar.

    Agora o futuro Prefeito, seja Chico, Tonho ou quem for deveria organizar a parte social da festa como:

    – Padronização das barracas de bebida e comida – Definir valor único das vendas, dando prioridade aos comerciantes da cidade.
    – Cadastramento dos barraqueiros para que não haja tumulto e desordem como tem sido
    – Distribuição em diversos pontos da cidade dos banheiros químicos que foi colocado, somente divulgado esse ano.
    – Organização na alocação dos brinquedos do parque
    – A proibição de carros de som durante as celebrações na igreja e durante as apresentações das bandas.
    – A criação de um espaço com armadores de rede, banheiros e cozinha comunitária para os barraqueiros e romeiros dormirem durante o período da festa.
    – Deveria ser cobrada uma taxa para cada barraqueiro com a finalidade da renda ser revertida em uma obra social para a população carente da cidade ou manutenção em limpeza e organização após a festa ou ajuda financeira para realização de obras na igreja.

    E na minha concepção os barraqueiros deveriam ficar somente até o último dia de banda para que a procissão possa fluir pelas ruas da cidade. Esse ano alguns padres tiveram que desviar pela rua fortaleza porque o fluxo entre a prefeitura e a câmara parou.

    Comentário por Felipe | 03/02/2012 | Responder

  3. A festa foi muito boa!

    Berg cadê o link de Grafith?!

    Comentário por Dickson Luz (@DicksonLuz) | 03/02/2012 | Responder

    • Dickson, que me passa os link é o Jadson Gravações, estou esperando ele me passar o de Grafith para poder postar no blog.

      Comentário por espiritosantornemfoco | 03/02/2012 | Responder

  4. ai sim e a mae de todos de espirito santo , nao esses prefeitos [a] que so querem ganhar as eleiçoes entra ano e sai ano , e eles em geral nao fasem nada .nada nada nada. ha fasem ,enrricarem , so isso ,

    Comentário por luzia | 10/02/2012 | Responder


O que achou? Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: